quarta-feira, 3 de março de 2010

um deficiente subiria nesta calçada?



upload via:flickr

6 comentários:

Mára disse...

NUNQUINHA!!Hoje mesmo eu estava pensando sobre isso enquanto caminhava nas calçadas aqui de meu bairro, tem tanta calçada assim com essas rampas de acesso p/ carro e são contra lei! Mas sabe como é, dá uma 'molhadinha' na mão dos ficias de obras e tá tudo certo!Tô desiludida Leslie..sabia que o Sr Aidan e Dona Dináh acabaram com Paranapiacaba???...vc não entendeu errado não,ACABARAM!Vergonhosa essa gestão amiga,sinto vergonha em ser andreense nessa hora, cadê a cultura o patrimonio ?Nos teatrinhos em que ele brinca que é "ator" tb?...tô p**da vida miga..

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Nossa, Leslie. Chega até a ser ofensivo a um cadeirante essas calçadas.

Uma vergonha. A calçada já é super íngreme...e ainda com esse "pequenino" desnível...
Triste.

Daia.BSilva disse...

Putz, agora forçou a amizade né?! Se já seria desconfortável e "difícil" para uma pessoa sem limitações, imagina pra alguém com alguma deficiência? Vamos torcer para que o outro lado da rua seja mais acessível... ¬¬

Taliesin disse...

realmente é uma situação ruim, mas agora dando uma de advogado do diabo, como vc solucionaria o problema sem prejudicar a entrada das pessoas em sua propria residencia?
beijos

Leslie**** disse...

muito simples, basta rebaixar o solo das garagens,para que fiquem no mesmo nível da calçada sem estas elevações.ficaria tudo nivelado, estéticamente mais bonito, mais prático para deficientes e pedestres, idosos, e não afetaria em nada o visual da casa.;)

Taliesin disse...

pensa bem a rua é em declive
não tem como
se vc ficar isso vai ter q ter um elevador no inicio da rua
par poder ficar no mesmo nivel q a ultima casa
beijos